quinta-feira, março 11, 2010

 

Devassidão

Tiraram a Devassa do ar, junto levaram a lourinha da Paris Hilton. Num universo onde a mulher é usada para vender todo e qualquer tipo de produto, com maior ou menor apelo sexual, tiraram as duas louras, cerveja e socialite, das nossas TVs. 

O Conar, órgão autorregulador da publicidade brasileira, abriu quatro processos contra a campanha publicitária da cerveja Devassa Bem Loura do grupo Schincariol. Os processos foram originados por iniciativa do próprio Órgão, pela Secretaria Especial de Defesa da Mulher e por reclamações de consumidores incomodados pelo excessivo apelo sexual. Consumidores?! Consumidor de cerveja que se preza não reclama de mulher gostosa rebolando ao som de uma musiquinha de striper tise e esfregando uma latinha de cerveja pelo corpo.

Por falar em campanha publicitária, outra que me chamou a atenção foi a do Guaraná Antarctica Zero. A proposta no comercial é que os consumidores acessem o site www.apostadoronaldo.com.br e lá escolham um mico para que Ronaldo Fenômeno pague, já que o jogador do Corinthians duvidou que o Guaraná Antarctica Zero tem sabor igual ao Guaraná Antarctica comum. Acessei o site e dentre as três opções de mico oferecidas não encontrei a que esperava. Esperava encontrar lá uma que oferecesse a seguinte opção: click aqui para ver Ronaldo, o Fenômeno, tomando umas Devassas, depois dando um role por Copacabana, encontrando uns travestis e, ao confundi-los com putas, levando-os para um motelzinho.

Outro que apesar dos inúmeros pedidos de desculpas públicos a esposa e aos fãs vem pagando caro por sua devassidão é o tenista Tiger Woods, perdendo o que de mais caro há num homem, os patrocinadores.  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]